IncaVoluntario - Ações Voluntárias do Instituto Nacional do Câncer - INCA
Search
Close this search box.

Notícias

Da nutrição ao voluntariado, conheça a história da Sueli

Em homenagem ao Dia Nacional do Voluntariado, celebrado no dia 28 de agosto, o INCAvoluntário está lançando uma série de matérias especiais, com depoimentos de diferentes voluntários que desenvolvem as atividades do INCAvoluntário no Instituto Nacional de Câncer (INCA). E para dar início a esta série especial, a voluntária Sueli Couto – carinhosamente apelidada pelos funcionários de “Susu” – vai contar um pouco da sua história.

A voluntária Susu, com 72 anos, é voluntária há 4 anos no INCAvoluntário.  Sua atividade voluntária está ligada a parte administrativa, auxiliando a equipe da Supervisão Geral na rotina e atendimentos do dia a dia. Sueli foi nutricionista por 17 anos na área de Prevenção e Vigilância ao Câncer no INCA, até a sua aposentadoria. Após isso,  ela sentiu vontade de retribuir os ensinamentos que teve ao longo dos anos trabalhando no INCA, por este motivo escolheu participar do INCAvoluntário.

”Era um ambiente que eu já estava adaptada. Por ter trabalhado no INCA presenciei muita coisa, inclusive o trabalho feito pelo INCAvoluntário com os pacientes. Foi um período de muito aprendizado profissional e também como ser humano. Depois que me aposentei, senti que ainda tinha muito o que aprender e oferecer aos pacientes que estão passando por esse momento tão delicado”, declarou Sueli.

Ela ainda contou como foi sua experiência na pandemia sendo voluntária. Precisou parar com o serviço presencial e disse que pensou que o INCAvoluntário não conseguiria continuar realizando suas atividades e que teria que fechar durante esse período, mas não foi o que aconteceu, mesmo no momento mais crítico as atividades continuaram – dentro das limitações que precisavam ser atendidas na época -.

”Minha admiração pelo INCAvoluntário só cresceu no período da Covid-19, como mantiveram o atendimento e continuaram o trabalho, foi admirável, e tudo pelos pacientes. Isso foi uma surpresa muito boa para mim e me fez ver como a dificuldade faz as pessoas se adaptarem mesmo nas piores situações”, disse a voluntária.

Para os que estão pensando em se voluntariar ou que ser inscreveram a pouco tempo, Sueli deixa o seguinte recado: ”Faça o seu melhor e acredite na causa, porque vale a pena. Seja o melhor que você puder no que você se propuser a fazer, e lembre que todos estão aqui pelos pacientes oncológicos”.

Saiba mais sobre o trabalho voluntário

O trabalho voluntário no INCA começou por causa da solidariedade e dedicação de inúmeras pessoas. A Área de Ações Voluntárias do INCA surgiu, e continuou crescendo, ao longo dos últimos 20 anos. O comprometimento que os voluntários do INCAvoluntário tem para o seu trabalho, é o que move as ações que são feitas dentro e fora do hospital, e o que possibilita que a Área continue ajudando cada vez mais os pacientes oncológicos em tratamento no Instituto. Quando alguém se propõe a ser voluntário, além de estar acreditando na causa, que é lutar pela melhoria de vida e trajetória do tratamento do paciente em vulnerabilidade social, também está tornando possível que o programa se expanda e alcance cada vez mais pacientes do Instituto Nacional de Câncer (INCA).

Quer ser um voluntário com a gente?

O trabalho voluntário existe dentro do INCA mesmo antes de ter um nome formalizado, por meados dos anos de 1950 já haviam pessoas que iam até o hospital de forma espontânea para auxiliar nas atividades em prol dos pacientes. Há vinte anos, o INCAvoluntário formaliza essas ações, expandindo cada vez mais as áreas que os voluntários atuam. Para entender melhor quais são essas áreas e como ser voluntário do INCA, é só acessar aqui.

  • Categorias

  • Notícias recentes

  • Arquivos