IncaVoluntario - Ações Voluntárias do Instituto Nacional do Câncer - INCA
Search
Close this search box.

Notícias

Revitalização da Radioterapia Infantil

Um Ambiente Acolhedor e Mágico: Como a Radioterapia Infantil no INCA Se Tornou um Refúgio para Crianças e Famílias

No mês de maio, com a reinauguração da radioterapia infantil, agora transformada em um espaço lúdico e acolhedor, marcou mais uma entrega do Projeto Banco do Bem do INCAvoluntário, que reflete um esforço conjunto para tornar a jornada dos pacientes pediátricos um pouco mais suave em meio aos desafios do tratamento oncológico.

A visão por trás desse projeto transcendeu as paredes do hospital e alcançou as estrelas, com o objetivo de proporcionar não apenas cuidados médicos, mas também um ambiente que acolhesse e inspirasse esperança. Idealizado pela médica Denise Magalhães e concretizado com o apoio do INCAvoluntário, o projeto reflete a importância da humanização na área da saúde, reconhecendo que cada gesto de bondade pode fazer uma diferença significativa na vida daqueles que enfrentam a batalha contra o câncer.

A transformação da radioterapia infantil em um espaço que convida as crianças a embarcar em uma jornada pelas galáxias não teria sido possível sem o esforço conjunto de uma equipe dedicada e de parceiros comprometidos. O projeto, conduzido pelas mentes criativas da arquiteta Elisabittar e do arquiteto Epitácio Luiz, recebeu vida pelas mãos habilidosas da Corcovado Engenharia, com desenhos e arte encantadora fornecidos por Linda Valente.

Além disso, outra etapata da iniciativa de humanização, foi a construção de um camarim com diversas fantasias infantis, oferecendo às crianças a oportunidade de escolherem suas vestimentas durante o tratamento, tornando cada sessão ainda mais especial e divertida. E uma das primeiras iniciativas de humanizar esse tratamento para as crianças, foi a transformação das máscaras usadas por alguns pacientes no momento da radioterapia em personagens infantis, como super-heróis e princesas, adicionando um toque de magia e encanto ao processo de tratamento.

A inauguração desse novo capítulo na história do INCA é mais do que uma simples cerimônia; é um testemunho do poder da comunidade em se unir para fazer a diferença. Através do apoio generoso de voluntários e doadores, o Banco do Bem continua a facilitar melhorias essenciais nos setores do Instituto, garantindo que os pacientes recebam não apenas tratamento médico, mas também conforto e esperança durante sua jornada.

Ao expressar profunda gratidão à equipe e aos colaboradores envolvidos, destaca-se o cuidado minucioso dedicado a cada detalhe para que as crianças se sentissem verdadeiramente em casa durante o tratamento. Desde os desenhos e arte decorativa que transformaram o ambiente em uma nave espacial, até a própria ideia de adotar esse tema, que surgiu das próprias crianças que, carinhosamente, apelidaram a máquina de radioterapia como sua nave de tratamento. É incrível como a imaginação e a criatividade desses pequenos heróis moldaram não apenas o ambiente físico, mas também o espírito por trás do projeto.

Até os pequenos detalhes foram cuidadosamente pensados para transmitir uma sensação de conforto e coragem. Cada certificado de coragem, concedido a cada criança ao completar seu tratamento, foi decorado com elementos do espaço sideral, celebrando não apenas sua jornada médica, mas também sua incrível bravura e determinação ao enfrentar desafios tão grandes em suas vidas tão jovens.

Nesse contexto, é fundamental dar voz aos líderes por trás dessa iniciativa, pessoas que não apenas dirigem o Instituto, mas também possuem um profundo compromisso com o bem-estar e a cura de cada paciente que entra pelas portas do INCA.

“O Banco do Bem foi criado em 2007, com o objetivo de ajudar os setores do INCA a humanizar o ambiente hospitalar. Nesse projeto a gente contempla iniciativas dos setores do INCA, que visam trazer mais conforto, mais alegria e mais humanização para os pacientes em tratamento no Instituto. Muitas das crianças tem medo do aparelho, o aparelho é muito grande, então nós recriamos todo esse ambiente lúdico, para que elas pudessem se sentir mais acolhidas e pudessem aderir melhor ao tratamento. O INCAvoluntário apoiou essa ideia, então pra gente é uma satisfação muito grande poder estar com esse espaço revitalizado”, expressou Fernanda Vieira, Geral do INCAvoluntário, com uma emoção palpável em sua voz.

O Diretor Geral do INCA, Roberto Gil, por sua vez, refletiu. ”A gente poder estar fazendo cada vez mais e melhor, mesmo diante de todas as adversidades que temos. E que o INCAvoluntário continue tornando possível essas coisas que estamos fazendo aqui”.

E, finalmente, a Dra. Denise Magalhães, cuja visão e dedicação foram a faísca que deu vida a esse projeto, compartilha suas reflexões: “O tratamento do câncer infantil é baseado em três pilares: quimioterapia, cirurgia e radioterapia. Geralmente, as mães estão familiarizadas com a cirurgia e a quimioterapia, mas conhecem muito pouco sobre radioterapia. Quando as crianças são encaminhadas para este tipo de tratamento, a família costuma ficar insegura em relação ao procedimento e às possíveis reações e isso acaba afetando os pequenos também, tornando-os ainda mais assustados. As características da radioterapia são especialmente desafiadoras para os pacientes pediátricos e o ambiente desfavorável fazia com que muitos deles precisassem ser anestesiados. Hoje, a necessidade de anestesia vem diminuindo, porque conseguimos criar um clima de confiança e conforto com o projeto de humanização do espaço. Depois que começamos a revitalização, percebemos a mudança das crianças e das próprias mães na recepção do tratamento, e do espaço, agora as crianças gostam de estar aqui, não se sentem mais inseguras ou com medo do tratamento”, acrescentou a Médica.

É importante ressaltar que essa iniciativa não se limitou apenas às crianças; a revitalização da radioterapia para adultos também buscou criar um ambiente acolhedor e reconfortante, mostrando que, independentemente da idade, cada paciente é especial e merece ser tratado com dignidade e compaixão.

Para os pacientes adultos, as paredes da sala de tratamento foram adornadas com pinturas temáticas do Rio de Janeiro, capturando a beleza e a energia vibrante da cidade. A projeção no teto complementa essa atmosfera, criando uma sensação de tranquilidade e conexão com o mundo exterior durante o procedimento de radioterapia. Essa abordagem holística para a revitalização do ambiente reflete o compromisso do INCA em proporcionar não apenas cuidados médicos de qualidade, mas também um ambiente que promova o bem-estar emocional e o conforto dos pacientes durante todo o processo de tratamento.

Saiba como Apoiar o Banco do Bem

Desde a sua implementação, o Projeto “Banco do Bem” utiliza doações financeiras para destinar recursos essenciais em prol da melhoria da qualidade de vida dos pacientes do INCA e de seus acompanhantes. Para apoiar esta iniciativa, os interessados podem realizar uma doação financeira diretamente no site do INCAvoluntário, clicando aqui, ou por meio de uma doação na conta corrente da área.

Dessa forma, toda doação financeira contribui para a melhoria da qualidade de vida dos pacientes em tratamento no Instituto Nacional de Câncer e seus acompanhantes.

  • Categorias

  • Notícias recentes

  • Arquivos